Cases

04

JUL - 2016

Hospital Alemão Oswaldo Cruz otimiza utilização de recursos com Oracle Exalogic

O Hospital Alemão Oswaldo Cruz, uma instituição a frente de seu tempo, inova mais uma vez ao desenvolver uma aplicação que permite aos pacientes visualizar o resultado dos seus exames de uma forma simples e sem burocracia, por meio do Portal do Paciente. A Instituição já se destacava por apresentar um atendimento rápido, seguindo padrões internacionais de qualidade e segurança no momento de agendar consultas, e agora compartilhará as informações via web, deixando o processo ainda mais completo.

O principal objetivo da implantação deste Portal era buscar informatizar os processos, que antes eram manuais por meio da tecnologia de ponta, visando sempre o atendimento de excelência ao seu bem mais precioso, os pacientes. César Lisboa Defante, Supervisor de Infraestrutura do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, ressalta que “o Portal do Paciente seria uma aplicação crítica para o negócio, e com o objetivo de proporcionar a melhor experiência para o usuário final no acesso e na disponibilidade dos seus exames, o serviço exigiria alta disponibilidade, performance e integração com componentes da nossa infraestrutura interna.”

 Inicialmente, a Instituição já possuía o Oracle Exalogic Elastic Cloud para disponibilizar o sistema de gestão hospitalar aos seus colaboradores e não estavam utilizando de todo o recurso. Por meio do Contrato de Outsourcing que a Instituição possui com a Teiko, a qual um dos objetivos é direcionar o cliente na otimização dos seus investimentos, foi alterado o roadmap de desenvolvimento para que a aplicação pudesse garantir das funcionalidades e benefícios do Exalogic, junto das demais soluções Oracle:

- Oracle Exadata Database Machine;
- Oracle Virtual Machine (OVM);
- Oracle ZFS Storage Appliance;
- Oracle Traffic Director;
- Oracle WebLogic Server Enterprise Edition.

Com a utilização destas soluções em conjunto, a Instituição utilizou o conceito de nuvem privada, a qual está associada a alta disponibilidade, elasticidade e o trabalho em clusters. Segundo Malcon Albuquerque, Consultor Middleware da Teiko “como não é possível identificar a correta demanda que a aplicação tem visto que pode ser acessada por um ou mil pacientes ao mesmo tempo, essa solução precisa crescer quando a demanda aumentar e ser inteligente para diminuir, consumindo menos recursos. ” Malcon complementa que “também é possível testar novas funcionalidades e aplicar correções com segurança em ambientes distintos, porém homogêneos para testes, homologação e produção. ”

É importante ressaltar, que, com o aprimoramento de desempenho do Oracle Weblogic, - produto estratégico de servidor de aplicação do Oracle Fusion Middleware - a aplicação se beneficiou com o desenvolvimento contínuo e o processamento extremo das transações, principalmente por estar sendo utilizado as otimizações do Exalogic de modo nativo, ou seja, foram removidos os atritos entre os componentes físicos que compõem uma estrutura de datacenter convencional, proporcionando uma solução all in one, resultando em respostas até 10x mais rápidas. Ainda, o Weblogic fez com que a aplicação se conecte nos vários servidores da Instituição, assim como no BI (Business Analytics) que proporcionou toda a inteligência para os médicos em relação as informações dos pacientes. Tudo isso, sempre levando em conta a proteção das informações, que está trabalhando em segurança no protocolo SSL e no load balancer com dois nós, mantendo a distribuição de carga conforme os recursos disponíveis no cluster Weblogic e persistência de sessão, para que as respostas das solicitações possam ser distribuídas entre todos os componentes.

Dentre os resultados alcançados, o destaque fica para o tempo de resposta médio da aplicação, onde este é de 2,06 segundos. A integração com o Oracle Exadata foi crucial para manter um resultado de alta performance, visto que a velocidade de transações entre os engineered systems são de duas a três vezes mais rápido.
 

                                                                                                   Tempo de resposta do banco de dados  - Portal do Paciente
                    
                                          

 
Contudo, desde o planejamento de testes, que iniciou em setembro/2015, até hoje, a Instituição conta com a parceria da Teiko para que a infraestrutura da aplicação esteja de acordo com os desafios propostos, sempre evoluindo o nível da maturidade do produto, alimentando-o com logs e analisando o tempo de resposta, através do Oracle Cloud Control 12c.

Segundo César Lisboa Defante, “a implementação do serviço utilizando a arquitetura e os componentes do Oracle Exalogic Eslatic Cloud em conjunto com o parceiro de Outsourcing em TI, a Teiko, trouxeram os elementos e a robustez necessária para este projeto. Agora, com o portal já em produção, garantimos eficiência operacional e financeira para o nosso negócio e aumentamos a satisfação dos nossos clientes.”

 

 

Mais Cases